Bez kategorii

As línguas estrangeiras. Uma fonte de emoções vivas.

Cada língua que bem usamos na nossa vida quotidiana pode ser para nós uma fonte de inspirações, cheia de emoções e experiências inesquecíveis. Parece uma terra abundante de pedras preciosas e a nossa obrigação é apenas descobri-la e falá-la numa maneira apropriada. Às vezes com uma dignidade imponente e outra com uma frivolidade engraçada. Tudo depende da nossa imaginação e as limitações da língua particular.

Aprender uma língua estrangeira, para mim, não é só um ato de aprendizagem das regras, costumes e toneladas de palavras e expressões. É sobretudo um jogo incansável, tentando expressar o nosso pensamento, as nossas ideias e leque de diferentes emoções e sentimentos. É um recurso fantástico que nos ajuda descrever a nossa vida interna, meio escondida, mas também tudo que encontramos lá fora num simples contacto com os outros (tão diferentes e tão parecidos seres humanos) que cada dia compartilham connosco a mesma língua.

E este sentimento, esta relação com a língua estrangeira, meio frustrante meio agradável, cativa nos eternamente e não deixa de parar a nossa viagem por esta terra desconhecida, mesmo interessante. É algo que nos dá esta motivação necessária para lutarmos, ultrapassando todos os obstáculos. Para finalmente ganharmos a vida nova e rica.

Reklamy

One thought on “As línguas estrangeiras. Uma fonte de emoções vivas.

Skomentuj

Wprowadź swoje dane lub kliknij jedną z tych ikon, aby się zalogować:

Logo WordPress.com

Komentujesz korzystając z konta WordPress.com. Wyloguj / Zmień )

Zdjęcie z Twittera

Komentujesz korzystając z konta Twitter. Wyloguj / Zmień )

Zdjęcie na Facebooku

Komentujesz korzystając z konta Facebook. Wyloguj / Zmień )

Zdjęcie na Google+

Komentujesz korzystając z konta Google+. Wyloguj / Zmień )

Connecting to %s